Pages

30 de jun de 2010

Quente, quente, muitoo quente



Inverno nas bandas de cá, verão para além da linha do Equador.
Quando as temperaturas estão mais altas por aqui o que bomba é Havaianas, já na Europa- mais especificamente na França-, quando o verão chega, é hora de tirar do armário as espadrilles.
A coisa mais charmosa e mais simples já inventada.
Sapato de algodão com solado feito de corda.
Tenho, na minha cabeça, a certeza de que foram eles, os modelos estivais tradicionais, a inspiração para a frase: “simplicidade é o último grau da sofisticação.”
Imagina que delícia seria se fosse possível juntar o conforto de uma Havaiana com o charme de uma espadrille?
Pois digo a vocês que tal junção já foi feita. A única diferença, porém, é que as feitas aqui tem solado de borracha e não de corda. É a bossa brasileira aliado ao charme Frances.
Júlia.

Stomp


O grupo percussivo Stomp se apresentará em São Paulo no Credicard Hall, de 19 a 22 de agosto com um novo espetáculo de músicas e ritmos criados a partir de objetos do dia a dia, além de duas novas coreografias que utilizam pneu de trator, latas de tinta e câmara de pneu. Já foram indicados ao Oscar, Festival de Cannes e contam com premiações no Emmy.

Terá venda na hora e a pré venda dos ingressos vai até essa sexta-feira (02/06). Os valores vão de R$60 a R$200.
Vivi.

29 de jun de 2010

Lelos




Eu não conhecia, mas quando vi achei incrível. Os irmãos Lelo- Mate e João-, são artistas urbanos que há algum tempo já fazem sucesso no Brasil e fora das fronteiras Tupiniquins também.
Entre as artes que já aprontaram, podemos listar: pintaram os pedalinhos da Lagoa Rodrigo de Freitas, fizeram umas cabeças que fazem parte do vídeo de lançamento da banda Start e já apresentaram sua arte nos EUA, na galeria Art Whino, em Washington.Tá bom ou quer mais?
Júlia.

28 de jun de 2010

Faça o bem sem olhar a quem.


Tá na moda, tá todo mundo usando. Só que agora a novidade é que os óculos de grau com armações pesadas, no melhor estilo “nerd”, podem também ajudar uma instituição de caridade.
Explico-me. Uma marca de óculos de grau da alta qualidade e com deign bastante criativo - e o melhor que custam menos de US$ 100- criada por quatro amigos americanos, doará para uma instituição de caridade um par de óculos para cada par que for vendido.
Você pode escolher o seu modelo no site: http://www.marbyparker.com/

Júlia.

Alerta


A agência publicitária alemã Butter acabou tendo mais sucesso do que imaginava. A campanha foi feita a partir de um calendário com fotos sensuais de modelos famosas, só que  a imagem é de raio-x!!!
O público-alvo segundo a agência era o reduzido mercado de profissionais da saúde que usam monitores do tipo fabricado pela Eizo, mas acabou sendo vinculado pela internet e pela mídia do mundo inteiro como um alerta para as modelos esqueléticas usadas nas campanhas publicitárias e que sofrem de anorexia e outros terríveis problemas por causa da carreira.
A Butter já pensa em fazer uma nova versão para o ano que vem.
Vivi.

27 de jun de 2010

Brilha, brilha estrelinha...



Michael Jackson não morreu. Ele continua bem vivo, pelo menos na cabeça de Miuccia Prada que lançou sapatos repletos de glitter, totalmente inspirados no rei do pop, para a marca Miu Miu.


Eu também entrei na dança e não, não foi na “moonwalk”. Aderi sem pestanejar a onda dos pisantes brilhantes. Tudo bem que os meus não são nenhum made in Italy, mas, a meu ver o meu par da Osklen também é bem charmosinho e claro, chamativo.
Júlia.

24 de jun de 2010

W de vitória


Washington Olivetto apresentou ao mercado em Cannes a mais nova agência de publicidade a WMcCann, junção entre a W e a McCann Erickson.
A idéia surgiu de um jantar informal há mais ou menos 1 ano e meio e o objetivo é revalorizar a criação na publicidade brasileira e mundial. "Queremos criar campanhas que não apenas vendam - que é a nossa obrigação - mas que também façam parte do imaginário e da cultura popular, que sejam repetidas pelo público. É isso que apaixona na publicidade, isso é que é apaixonante", afirma Olivetto.



E ah, pra quem quer saber um pouco mais sobre a história da propaganda aqui no Brasil leiam " Na toca do leões" de Fernando Morais, biografia de Washington Olivetto, Javier Llussá Ciuret e Gabriel Zellmeister, fundadores da W/Brasil, uma das agências mais premiadas do mundo. Li já faz uns anos e sempre indico, até quem não é muito chegado nesse assunto vai gostar.
Vivi.

A pergunta que não quer calar.



A pergunta “o que você gostaria de fazer antes de morrer?” parece ser simples, no entanto, ela origina uma das maiores aflições que acomete a espécie humana - o medo de morrer antes de tornar real os sonhos que alimentaram a alma durante a existência.
O tema “Before I die...” foi idealizado por duas amigas norte-americanas (Nicole Kenney e KS Rives) e trabalha com algumas questões centrais: o “fim” da Polaroid com a criação da fotografia digital, fazer com que as pessoas despertem e tornem reais suas vontades através da consciência da finitude e criar uma comparação entre nações a partir das respostas dadas.
As Polaroides mostram cidadãos de diversas partes do mundo, mas o grande barato é mesmo observar as mais variadas respostas que são escritas nas fotos instantâneas, que vão desde “achar o amor verdadeiro” até “caber em jeans 38”.
De acordo com o site em que as fotografias são expostas, as fotos e os desejos representam apenas uma primeira parte do projeto, a segunda, e mais interessante, é checar, daqui alguns anos, se os desejos foram ou não concretizados.
Para quem gostou da idéia, existe uma forma de participar. Basta entrar no site http://www.beforeidieiwantto.org/participate.html e seguir todas as instruções.
E você amigo, vai escrever o que no rodapé da sua Polaroide hein??

Júlia.

22 de jun de 2010

Almir Reis

Fotógrafo paulista que tem como objetivo a paisagem e a urbanidade das grandes cidades. Ama o Rio de janeiro e a sua exposição “Rio Cor” é uma das minhas prediletas. Paris, Nova Iorque, Roma ,Tóquio e outras já foram clicadas pelo fotógrafo.
Mas as do Rio são simplesmente maravilhosas: em preto e branco e com alguns toques coloridos dão aquele gostinho de nostalgia, pele salgada, felicidade, fim de tarde vendo o pôr-do-sol...




O site dele é esse: http://www.reisphotography.com/site.html
Vivi.

21 de jun de 2010

Da ditadura à democracia.





O lema é: fotografar pessoas comuns que andam pelas ruas com seus looks pra lá de ousados e estilosos.
A nova onda fashion é clicar a produção de quem anda pelas ruas de qualquer parte do mundo mostrando que senso estético e criatividade na hora de se vestir existe independente da idade, situação financeira ou do lugar onde se vive. Trata-se, pois, de uma democratização da moda, que com o surgimento dos blogs de street style, deixou de ser ditada somente pelo que é publicado nas revistas de moda ou pelo o que sai da cabeça dos estilistas.


Segue uma listinha deliciosa com alguns dos mais democráticos blogs. Ai Deliciaaaa! Amo
http://thesartorialist.blogspot.com/
http://facehunter.blogspot.com/
http://lookbook.nu/#more
http://www.streetpeeper.com/
Júlia.

11 de jun de 2010

Aaaeee, vivaa. Que dia mais feliz...


Ok, eu me rendo.
Amanhã é dia 12 de junho, logo, a pauta de hoje é dia dos namorados.
Em forma de presente para os pombinhos, e de inspiração para os que continuam procurando a outra metade da laranja (né meu Santo Antônio??), posto um texto, o mais bonito em minha opinião, sobre esse estado de espírito que se chama namorar.

Ter ou não ter namorado? Eis a questão
Carlos Drummond de Andrade
Quem não tem namorado é alguém que tirou férias não remuneradas de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.
Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão, é fácil. Mas namorado, é muito difícil.
Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser parruda, decidida; ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo aflição.
Quem não tem namorado não é quem não tem um amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento e dois amantes; mesmo assim pode não ter nenhum namorado.
Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema sessão das duas, medo do pai, sanduíche de padaria ou drible no trabalho. Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa e quem ama sem alegria. Não tem namorado quem faz pactos de amor com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível de durar..
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas; de carinho escondido na hora em que passa o filme; de flor catada no muro e entregue de repente; de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar; de gargalhada, quando fala junto ou descobre a meia rasgada; de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado, fazer sesta abraçado, fazer compra junto. Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor. Não tem namorado quem não redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beiras d'água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos, quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar,, quem gosta sem curtir; quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia do dia de sol em plena praia cheia de rivais. Não tem namorado quem ama sem se dedicar,- quem namora sem brincar,- quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele.
Não tem namorado quem confunde solidão com o ficar sozinho e em paz. Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pensando duzentos quilos de grilos e de medos, ponha a saia mais leve, aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteria. Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido.
Enlou-cresça.
Júlia.

7 de jun de 2010

Criativo




O cara é poeta.
Se eu fosse poeta, certamente não iria gostar.
Para ele é simples: não é necessário nenhuma musa inspiradora, basta abrir o jornal que lá está toda a inspiração necessária.
Uma caneta e uma gorda edição do “The New York Times” são os únicos ingredientes necessários para que Aunstin Kleon faça suas poesias, ou “Newspapers Blackout Poems”, como o moço criativo gosta de chamar sua obra.
Como não sou poeta, meu universo é o jornal, simplesmente amei, a-m-e-i.

O blog do cara é http://www.austinkleon.com/blog. Recheado de poemas, assim como um jornal é de notícias.
Júlia

2 de jun de 2010

Annie Leibovitz

Por mais de 25 anos os trabalhos de Annie Leibovitz são reconhecidos em revistas como Rolling Stone, Vogue, Vanity Fair e qualquer celebridade morreria por uma foto tirada por ela. Muitos já consiguiram (Demi Moore, Whoopi Goldberg, Nicole Kidman , Angelina Jolie), mas uma das suas fotos mais famosa é a de Jonh Lennon abraçado com Yoko Ono na manhã antes de seu assassinato. Além disso ela foi a única fotógrafa que consiguiu passar uma turnê inteira ao lado dos Rolling Stones em 1975 tirando fotos históricas.

Esse ano Annie está encarregada do ensaio fotográfico da campanha “Core Values” da Louis Vuitton que mostra grandes celebridades viajando com estilo ao lado de sua Louis Vuitton, claro. Keith Richards, Sean Connery, Mikhail Gorbachev, Francis Ford Coppola, Sofia Coppola são só alguns dos nomes que participaram da campanha.
"Annie Leibovitz - A vida através das lentes" é o documentário que conta sobre sua vida e carreira e que tive que assistir para um trabalho da faculdade e simplesmente me apaixonei! É pura inspiração pra quem gosta de fotografia...

.Vivi.